casos clínicos

Ortodontia

A Ortodontia é uma especialidade da Medicina Dentária, responsável pelos tratamentos que corrigem a posição dos dentes e dos ossos maxilares posicionados de forma inadequada.

Um mau posicionamento dos dentes em ambas as arcadas, pode originar outros problemas, como cáries, doença periodontal e até mesmo a perda de alguns dentes. Também associado à má oclusão dentária, em alguns casos pode existir dores de cabeça, síndrome da ATM e dores na região do pescoço, dos ombros e das costas.

Para além da obvia necessidade de uma função ajustada, os dentes tortos ou mal posicionados também prejudicam a aparência do rosto.

FAQ sobre Invisalign

A técnica de ortodontia invisível com o sistema de alinhadores “Invisalign” é atualmente, um dos métodos mais eficazes no tratamento dos problemas ortodônticos. Em virtude do seu planeamento digital de alta precisão, permite corrigir todo o tipo de más oclusões dentárias, desde os casos mais simples às situações de maior complexidade terapêutica.

Com este método, consegue-se aliar então, uma altíssima eficácia ortodôntica com uma maior estética e comodidade.

O sistema Invisalign consiste num conjunto de alinhadores transparentes que são totalmente personalizados através de uma ferramenta 3D denominada “ClinCheck”, na qual o Dr. João Cerejeira planifica passo a passo toda a sequenciação biomecânica do seu tratamento ortodôntico.

A partir do momento em que o paciente inicia o tratamento, deverá ir mudando de alinhadores, normalmente a cada semana, para que paulatinamente os dentes se vão alinhando e o oclusão se vá construindo. Os alinhadores devem ser usados cerca de 22h por dia, podendo ser retirados no momento das refeições e na altura de higienizar a boca.

Não. Os alinhadores são apenas dispositivos ortodônticos usados para mover dentes, tal como por exemplo, os brackets. Assim, o sucesso de um tratamento está dependente de dois factores:

  1. Que o seu dentista seja especialista em ortodontia;
  2. Que domine a técnica Invisalign.

A principal vantagem associada a este sistema é, sem dúvida, a estética pois os alinhadores são praticamente invisíveis.
São também dispositivos removíveis, portanto, de pôr e tirar, o que permite disfrutar alguns momentos especiais sem os levar colocados, ainda que devam ser usados 22h numa base diária.

A dor bastante reduzida que os pacientes experienciam com esta técnica é também um dos fatores de maior adesão por parte dos pacientes. Como o nível de movimentação dentária é mais suave e controlado, a experiência dolorosa costuma ser praticamente inexistente com este sistema.

Outro aspeto a ter em conta é ainda o intervalo entre consultas. Enquanto que com as técnicas convencionais de aparelhos fixos, as visitas ao ortodontista para as consultas de controlo variam habitualmente entre as 4 e 5 semanas, com o uso de alinhadores, esses controlos poderão facilmente passar para um intervalo de 8/8 ou até 10/10 semanas.

Casos Clínicos de Ortodontia

Marque agora a sua consulta

Contactos