J05B5291

Doutor, a restauração fica completa nesta consulta?

As restaurações dentárias são o procedimento mais rotineiro na prática clínica dentária generalista e as mesmas podem envolver reposição de diferentes graus de destruição e complexidade.
Na tomada de decisão quanto ao tipo de restauração a realizar, é importante debater com os paciente as possibilidades de restauro mais viáveis perante o caso, no que diz respeito à técnica e aos materiais. No que diz respeito à técnica, podemos realizar restauros de forma direta ou indireta.
Na forma direta, a restauração é elaborada imediatamente em boca, num só tempo clínico. Idealmente este tipo de restauro está indicado para pequenas restaurações.
Já na técnica indireta, a mesma é realizada em 2 tempos: uma consulta para preparo e impressão/scanning do remanescente dentário, sendo a restauração realizada fora de boca, e posteriormente (segunda consulta) aderida ao dente. Esta técnica geralmente está indicada para restauros extensos, permitindo ao médico dentista ou técnico de laboratório realizar com maior tranquilidade e visão os restauros, tendo previsivelmente estes melhor qualidade no que diz respeito às suas características (anatomia, cor, pontos contactos, oclusão).
Noutro artigo falaremos das opções disponíveis quanto aos materiais usados para realizar restauros de forma indireta. Esteja atento!

Tags

Categorias

Marque agora a sua consulta

Contactos

2019-02-20T11:40:08+00:00